Notícias

Engenheiros unidos tornam movimento mais forte

14/07/2016

Em prol dos interesses da Engenharia e Arquitetura, profissionais se mobilizam para renegociação salarial na Prefeitura de Goiânia e conseguem vitória histórica

Se a união faz a força, engenheiros e arquitetos da Prefeitura de Goiânia conquistam neste quesito nota dez (10) já que a luta contínua pelo Plano de Cargos e Remuneração Salarial (PCRS) seguiu uma peregrinação árdua para aprovação da melhoria salarial. A luta de idas e vindas conquistou uma vitória importante e deu novo fôlego para os profissionais continuarem se empenhando pelos interesses da Engenharia.

Batalhas na Prefeitura

Através da união de seus sindicatos e conselhos, os trabalhadores exigiram, em maio, do Prefeito Paulo Garcia um posicionamento quanto ao PCRS, e em parceria com o vereador Paulo Magalhães, na presença do Secretário Municipal do Governo, Osmar Magalhães e o Chefe de Gabinete do Prefeito, Paulo César Fornazier mostraram o quanto a reivindicação é importante para que o projeto aconteça ainda este ano. O diretor do SENGE-GO e presidente da Associação dos Engenheiros e Arquitetos da Prefeitura de Goiânia (AEAP), Alexandre Moura comentou durante a reunião que da parte deles já fizeram diversas ações e projetos visando a geração de recursos para a Prefeitura e gostariam de escutar a proposta de valorização e reconhecimento da mesma.

Mais dois encontros foram realizados até que no dia 30 de maio uma negociação foi fechada com a prefeitura. "Ficou acordado o pagamento à categoria de 100% no adicional de responsabilidade técnica sendo que 50% representará a regularização do adicional existente, e os 50% restantes a serem pagos em parcelas divididas para fevereiro e março do ano que vem", afirmou Moura. Com isto, a lei foi enviada para a Câmara finalizar todo o esforço pela categoria. "Tivemos avanços nesta gestão e no próximo governo a luta continuará cada vez mais organizada e com a participação crescente de toda categoria", relatou confiante o diretor do SENGE-GO, Alexandre Moura.

Enquanto isso na Câmara

Durante os dias 14 e 15 de junho, engenheiros da Prefeitura de Goiânia em parceria com os diretores do SENGE-GO, Alexandre Moura, Cláudio Henrique Bezerra Azevedo e o ex-diretor que sempre esteve nas negociações salariais, Catão Maranhão Filho se reuniram numa força tarefa para a aprovação de melhoria salarial.

O objetivo era o encontro com o presidente da Câmara Municipal de Goiânia, vereador Anselmo Pereira (PSDB) para que o Projeto de Lei Complementar Nº 0022, de 08 de junho de 2016, que altera o art. 7º da Lei Complementar Nº 223, de 29 de dezembro de 2011 e dá outras providências fosse prontamente aprovado já que foi enviado pelo Prefeito de Goiânia, Paulo Garcia para a Câmara.

Os engenheiros foram recebidos pelo chefe de gabinete da Presidência da Câmara, Ciro Meireles Júnior que recebeu a solicitação de todos. Foi exposto que o projeto acordado com o executivo é o pagamento para a categoria de 100% no adicional de responsabilidade técnica sendo que 50% representará a regularização do adicional existente, e os 50 % restantes a serem pagos em parcelas divididas para fevereiro e março de 2017.

Já no dia 23 de junho, empenhados mais uma vez pela categoria, os engenheiros estiveram presentes na Câmara Municipal de Goiânia onde obtiveram a aprovação da Lei Complementar, assinada pelo Presidente da Casa, Anselmo Pereira. Outro dia marcante para a categoria foi 30 de junho, com reunião realizada pela manhã com o Prefeito de Goiânia, Paulo Garcia que sancionou a lei garantindo assim a vitória dos nossos engenheiros da prefeitura.

O SENGE-GO destaca o apoio fundamental do vereador Paulo Magalhães que desde o primeiro momento abraçou a causa, da advogada Sheirla Moraes, e de todos aqueles que ajudaram nesta conquista. Parabéns a todos nós!



Veja outras publicações
GOIÂNIA
(62) 3251-8181 / (62) 3251-8967
Avenida Portugal, 482
Setor Oeste - CEP: 74140-020
ANÁPOLIS
(62) 3976-1491
Av. Franklin Roosevelt, Qd G-2 Lt 6
St. Nossa Senhora D Abadia - CEP: 75120-460